Apoio de artistas e de gente de toda Bahia dá viabilidade eleitoral a nossa campanha, diz Targino

O sanfoneiro/candidato Targino Gondim está muito animado com as perspectivas eleitorais, após receber o apoio de grandes nomes da música nacional, baiana e ver sua campanha se espalhar por todos os recantos do estado. “Estou muito feliz com a adesão que estamos recebendo em todos os recantos da Bahia, de praticamente todos os municípios do estado, e muito contente por estar recebendo também o apoio de muitos colegas de estrada, a exemplo de Durval Lélys, Fagner, Adelmário Coelho, Xangai, Genival Lacerda, Nádia Maia, Marquinhos Café, Cicinho de Assis, Val Macambira e muitos outros, que fizeram questão de gravar mensagens de apoio, para minha alegria. O apoio de artistas e de gente de toda Bahia dá viabilidade eleitoral a nossa campanha”, comemorou.

A força das redes sociais, acredita o cantor, tem sido o principal canal de comunicação com os eleitores de outras regiões e as manifestações se multiplicam a cada dia, principalmente entre os eleitores jovens, os defensores de uma política cultural que contemple e defenda as tradições nordestinas e entre os amantes do forró autêntico, bandeiras que o candidato já pautou no seu projeto político. “A nossa rede de contato nas principais ferramentas de comunicação social já era compartilhada por milhares de seguidores, em função do nosso trabalho como artista, e a cada dia esse número aumenta, o que nos permite levar nossas propostas a todos os recantos da Bahia’, pontuou.

Em que pese uma concorrida agenda de shows pelo Brasil e até fora do País, neste mês de setembro, Targino tem aproveitado todo tempo que tem para correr estrada e visitar amigos e apoiadores em todo estado, principalmente na região de Juazeiro, sua principal base eleitoral. “Tem sido uma maratona, mas é confortador ouvir das pessoas o desejo de que representemos seus anseios por uma política limpa, nova, sem vícios e com bandeiras de lutas por qualidade de vida, respeito, política cultural, ambiental e de defesa das nossas tradições, dentre tantas demandas que nos tem chegado”, disse.